Via Rápida Emprego: 60 alunos iniciaram curso de corte e costura industrial

0

 

 

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, a representante da ETEC Paulino Botelho, do Centro Paula Souza, Cássia Regina Azevedo e a chefe de gabinete da SMTER, Rita Camargo, deram início na manhã desta segunda-feira (7), ao curso de corte e costura industrial que está sendo realizado na Unidade Móvel de Confecção Industrial (carreta) do Via Rápida Emprego instalada no estacionamento do Ginásio de Esportes Milton Olaio Filho.

Serão capacitadas 60 pessoas que se inscreveram para participar do Via Rápida Emprego, programa do Governo do Estado de São Paulo, coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI). As aulas acontecem de manhã, tarde e noite com o treinamento de 20 alunos em cada período. A capacitação, por meio de cursos rápidos itinerantes, tem como objetivo a qualificação de mão de obra para a geração de emprego e renda para as pessoas que pretendem trabalhar neste segmento ou até mesmo abrir seu próprio negócio.

O principal objetivo da carreta de Corte e Costura é atender às necessidades imediatas de formação de mão de obra. A estrutura disponível no curso permite uma experiência muito semelhante ao que é encontrado em fábricas e oficinas com diversas máquinas de última geração, mesa de corte e todo o material necessário. Uma grande oportunidade de desenvolvimento local, na qualificação profissional, inserção no mercado de trabalho e geração de renda.

Cássia Regina Azevedo, representante da ETEC Paulino Botelho, do Centro Paula Souza, entidade responsável por ministrar as aulas do curso, explica que a formação é importante porque a cidade está com déficit de mão de obra nesta área e a qualificação profissional visa inserir essas pessoas no mercado de trabalho. “É um curso intensivo, as pessoas saem do curso sabendo costurar. Elas vão aprender sobre a história da costura, compor o próprio currículo, operar as máquinas de costura overlock e reta, saindo do curso com todo o conhecimento das máquinas de costura, troca de agulha, de bobina, enfim dos utensílios utilizados na costura industrial”, informou Cássia Azevedo.

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, agradeceu o Governo do Estado de São Paulo por disponibilizar mais um curso para São Carlos, a ETEC Paulino Botelho e desejou aos alunos bom aproveitamento da capacitação. “Temos buscado junto a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação esses cursos do Via Rápida e espero que vocês tenham o maior proveito possível do curso, que seja significativo o aprendizado e saiam bem capacitadas para o mercado de trabalho”, desejou Bragatto.

Sobre a perspectiva de contratação das pessoas o secretário Bragatto ressaltou que hoje a intermediação de mão de obra da SMTER recebe continuamente ofertas de vagas que muitas vezes não são preenchidas exatamente por falta de qualificação. “Há uma perspectiva constante de contratação de pessoas nessa área e por isso temos buscado os cursos que estejam alinhados a necessidade do mercado de trabalho. O curso de corte e costura, além de atender a demanda do mercado abre, ainda, a possibilidade de trabalho como empreendedor, por isso queremos que vocês sejam muito felizes na profissão em todos os aspectos, seja na contratação por empresas, como empreendedor ou formação de cooperativas. Quero informar também que se houver necessidade os empreendedores podem contar com o financiamento do Banco do Povo para viabilizar a aquisição de equipamentos”, explicou o secretário Bragatto.

Share.

About Author

Leave A Reply