Suzantur apresenta novos recursos para melhoria do transporte coletivo em São Carlos

0

 

Representantes da Transportadora Turística Suzano (Suzantur) e da Prefeitura de São Carlos se reúnem na manhã desta sexta-feira (20), às 9h30, na Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, à rua Nove de Julho, 1410, para apresentar à imprensa o novo painel do Sistema de Monitoramento e anunciar a implantação de Reconhecimento Facial nos ônibus da cidade.

Atendendo a um dos quesitos estabelecidos em acordo entre a Suzantur e a Prefeitura de São Carlos, em março de 2018, quando retomou a prestação dos serviços de transporte coletivo urbano no município depois da suspensão da intervenção, a empresa instalou na Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, um painel de seu sistema de monitoramento.

Aniceser Santana, gerente operacional da empresa, explica que o painel colocado na Secretaria é uma extensão do trabalho que já é feito no Centro de Controle Operacional, que fica na garagem da Suzantur em São Carlos.

Trata-se de um sistema de monitoramento por GPS, a partir do qual a empresa consegue monitorar 100% da frota que está na rua, em tempo real e se antecipar aos acontecimentos que são previamente identificados. “É um recurso voltado pra acompanhamento dos veículos nos trajetos de seus itinerários das linhas. A Prefeitura poderá, agora, acompanhar da mesma forma e gerar relatórios sobre o cumprimento de partidas, pontualidade e conhecer incidências que podem gerar atrasos, como acidentes e desvios”, explicou Aniceser.

Esse monitoramento, ainda, alimenta o aplicativo CittaMobi, que pode ser usado diretamente no celular pelo passageiro, o que dá maior confiabilidade a todo o serviço prestado.

Reconhecimento facial – Outro recurso que será apresentado nesta sexta-feira (20) pela Suzantur à imprensa será o sistema de reconhecimento facial. A partir da próxima segunda-feira (23), todos os ônibus da Transportadora Turística Suzano Ltda. (Suzantur), que fazem o transporte coletivo em São Carlos, passarão a ter sistema de reconhecimento facial.

O coordenador operacional da Suzantur, Thyago Henrique Genari, explicou que não será necessário recadastramento para a implantação do sistema, já que será utilizada foto do cadastro já efetuado pelo beneficiado.

A identificação de usuários do transporte público urbano por biometria facial é uma tecnologia que vem sendo implantada em todo o país e auxilia no controle de fraudes, principalmente em relação ao uso de cartões de passageiros que têm benefícios, como gratuidade e descontos, já que muitos dos cartões que possuem algum benefício são usados de maneira compartilhada, o que implica no valor final das gratuidades que são subsidiadas pela Prefeitura.

O pagamento da gratuidade é garantido por lei, além de referenciado em decisões judiciais e acordos firmados com o Ministério Público e se destina a custear o transporte para idosos (com mais de 60 anos) e deficientes físicos, bem como compensar as gratuidades oferecidas aos estudantes (50%) e trabalhadores (20% e 40%).

Com a implantação do sistema de reconhecimento facial, somente o titular do cartão poderá usá-lo. Em caso de não conformidade, em uma primeira ocorrência haverá a suspensão do benefício por 30 dias e pagamento de valor correspondente à segunda via do cartão. Em reincidência haverá a suspensão do benefício por 1 ano, podendo, depois disso e em caso de nova ocorrência, haver a perda definitiva do benefício no Sistema de Transporte Público Municipal.

Share.

About Author

Leave A Reply