Sincomercio São Carlos começa a recolher pilhas e baterias portáteis

0

Objetivo é a destinação correta dos rejeitos eletrônicos – DIVULGAÇÃO

O Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos (Sincomercio) está integrando o sistema de Logística Reversa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) e começa a recolher, nesta segunda-feira (24), em sua sede à Rua Riachuelo, 130, no Centro de São Carlos, pilhas e baterias portáteis pós-consumo.

O sistema atende a dois termos de compromisso assinados em 21 de dezembro de 2016, entre Fecomercio SP, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente – SMA, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB e a Associação Brasileira da Indústria de Elétrica e Eletrônica – ABINEE.

De acordo com a proposta, o comércio que vende pilhas e baterias portáteis deve receber esses produtos pós-consumo de seus consumidores e para isso precisa ser um ponto de entrega primário. Com a adesão ao sistema, o Sincomercio São Carlos atuará como ponto de entrega secundário, para receber de seus representantes as pilhas e baterias usadas. “Temos um kit recebimento das pilhas e estamos cadastrados junto à ABINEE, que farpa a retirada desses materiais. É mais um serviço que o sindicato oferece ao comércio local e a toda a cidade, em favor da sustentabilidade”, explicou o presidente do Sincomercio São Carlos, Paulo Gullo,

Paulo Gullo, lembrou que serão recolhidas, na sede do sindicato, baterias portáteis, pilhas comuns de zinco – manganês, pilhas alcalinas e pilhas recarregáveis. “Além de São Carlos levaremos essa iniciativa para cidades da base territorial do sindicato, Ibaté, Brotas e Tambaú”.

Segundo o presidente do Conselho de Sustentabilidade da Fecomercio, professor José Goldemberg, é louvável a adesão dos sindicatos, já que são ações que necessitam do apoio dos municípios. “Queremos incentivar a todos para a importância em participar. Hoje cada pessoa gera, em média, um quilo de lixo por dia, sendo que grande parte pode ser reciclado. Em países como a Suécia, onde a Lei de Logística Reversa funciona muito bem, já estão fechando os aterros sanitários. Praticamente tudo é reciclado”, comentou.

A Logística Reversa é uma obrigação para os estabelecimentos de todo o País que comercializam pilhas e baterias portáteis, de acordo com a Resolução Conama 401/2008.

Comerciantes podem participar

Para participar, os comerciantes devem aderir ao Termo de Compromisso por meio da plataforma da FecomercioSP, lançada em junho e totalmente dedicada ao tema, no linkwww.fecomercio.com.br/projeto-especial/logistica-reversa/.

O comerciante de pilhas e baterias portáteis (ponto de entrega primário) pode descartar quantidades de até 10 kg no Sindicato. A partir daí uma empresa especializada fará a retirada desses produtos e promoverá a destinação final ambientalmente adequada.

O Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos está localizado na Rua Riachuelo, nº 130. O horário de atendimento é das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

 

 

Share.

About Author

Leave A Reply