Secretaria de Educação entrega novos kits de jogos lúdicos para as escolas municipais

0

 

A Secretaria Municipal de Educação entregou nesta sexta-feira (27) 200 kits com jogos para as 17 salas de recursos instaladas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI’s), 8 das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB’s) e 1 da Escola Municipal de Jovens e Adultos (EMEJA).

Todos os jogos são adaptados já que nas salas de recursos são atendidos os alunos da educação especial. Fazem parte do kit dominó, imagem e ação, jogo da memória, alfabeto e quebra cabeça.

As salas de recursos nas escolas da rede pública de ensino atendem a necessidade histórica da educação brasileira, de promover as condições de acesso, participação e aprendizagem dos alunos alvo da educação especial no ensino regular, possibilitando a oferta do atendimento educacional especializado, de forma não substitutiva à escolarização.

Frequentam as salas de recursos alunos com deficiência – aqueles que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual, mental ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem ter obstruído sua participação plena e efetiva na escola e na sociedade; alunos com transtornos globais do desenvolvimento – aqueles que apresentam um quadro de alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, comprometimento nas relações sociais, na comunicação ou estereotipias motoras. Incluem-se nessa definição alunos com autismo, síndromes do espectro do autismo e psicose infantil; alunos com altas habilidades ou superdotação – aqueles que apresentam um potencial elevado e grande envolvimento com as áreas do conhecimento humano, isoladas ou combinadas: intelectual, acadêmica, liderança, psicomotora, artes e criatividade.

Para o secretário de Educação de São Carlos, Nino Mengatti, a aquisição desses jogos lúdicos adaptados é uma medida estruturante de um sistema educacional inclusivo. “Esse material ajuda os professores da educação especial no atendimento dessas crianças. O nosso objetivo é um só: promover a igualdade de oportunidades, de forma que todos os indivíduos, independentemente das suas diferenças, tenham acesso a uma educação de qualidade”, garante Nino Mengatti.

Hoje a Rede Municipal de Ensino de São Carlos possui 60 professores na educação especial e 269 alunos são atendidos nas salas de recursos.

Share.

About Author

Leave A Reply