São Carlos vai sediar Plenária Estadual de Economia Solidária

0

 

 

Inicia nesta sexta-feira (17), e vai até domingo (19), a etapa estadual da Plenária de Economia Solidária, em São Carlos. O evento será realizado pelo Fórum Paulista de Economia Solidária com apoio da Prefeitura de São Carlos e coordenação da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), através do Departamento de Apoio a Economia Solidária (DAES).

A Plenária, com cronograma de atividades, acontece no auditório da Igreja Santo Expedito, na rua Alberto Lanzoni, n.º 1381, no bairro Santa Felícia. Durante os três dias de atividade, aproximadamente 150 pessoas representando movimentos sociais, gestores públicos, entidades de apoio e empreendimentos econômicos solidários, debaterão sobre o tema “Quem Somos, onde estamos e onde queremos chegar”.

O objetivo da plenária é aprofundar o debate sobre a economia solidária como estratégia de desenvolvimento territorial, sustentável, diverso e solidário.

Para o secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, a Plenária Estadual de Economia Solidária será sediada em São Carlos pelo reconhecimento que o Ministério do Trabalho, a Superintendência Estadual e os demais órgãos que trabalham com Economia Solidária têm pela cidade. “Na gestão do prefeito Airton Garcia trabalhamos com decisões coletivas, na definição das políticas públicas, a economia solidária voltou a crescer, novos empreendimentos ganharam força, assim como acontece o regular funcionamento dos Fóruns e do Conselho Municipal de Economia Solidária. São Carlos está entre as principais referências de Economia Solidária do país. É preciso valorizar ainda mais o trabalho diário das pessoas que fazem economia solidária na cidade, produzem, instalam seus espaços onde expõem e comercializam produções, atuam nos eventos, nas praças, fator importante para a economia da cidade esse é o nosso objetivo permanente”, ressaltou Bragatto.

Outra conquista importante da economia solidária em São Carlos foi a instalação da estufa da horta orgânica comunitária no bairro Cidade Aracy, orientação, qualificação e certificação dos novos empreendimentos (ambulantes locais e grupos de Economia Solidária), no CEMEI José de Brito Castro, no distrito de Santa Eudóxia, pela conclusão do curso “Boas Práticas em Manipulação de Alimentos para Ambulantes” e adequação que está em curso junto a rodoviária do distrito de Santa Eudóxia para receber atividades de Economia Solidária.

Confira a programação da Plenária Estadual em São Carlos:

 

Na sexta-feira (17), a partir das 9h, na Igreja Santo Expedito, ocorre a chegada dos delegados e suplentes, com realização das inscrições, credenciamento e distribuição dos crachás de identificação para a formação dos subgrupos.

14h30 – 1ª Mesa Temática: A Economia Solidária e os Múltiplos Movimentos Sociais, tendo como convidados: MST e a Concrab – Unicafes e a Marcha das Margaridas – Marcha das Mulheres Negras – CPT – Movimento LGBT e o respeito às diferenças – Abong – Movimento de Mulheres da Unisol – Saúde Mental – representantes dos Grupos que atuam no Sistema Carcerário com Economia Solidária.

16h30 – 2ª Mesa Temática – “A Economia Solidária na Conjuntura Atual” com palestras de Ladislaw Dowbor, professor no departamento de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, nas áreas de economia e administração, foi consultor de agências das Nações Unidas atua como conselheiro no Instituto Polis, IEDC, Instituto Paulo Freire, Conselho da Cidade de São Paulo e outras instituições; Ademar Bertucci, economista, mestre em Políticas Sociais pela UnB – Brasília, foi assessor de Políticas do Trabalho e Emprego do Ministério do Trabalho, atuou nas Pastorais Sociais das Dioceses de Santo André, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, assessor Nacional da Cáritas Brasileira – Políticas de Direitos, atual dirigente do Centro de Estudos e Assessoria, executando projetos da Economia Solidária no centro oeste e fortalecimento do Fórum Brasileiro de Economia Solidária; e Dimas Gonçalves professor da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, membro do CIRIEC Brasil (Centro de Estudos e Pesquisa em Economia Solidária), especialista em Administração pública.

19h – Mesa de abertura no auditório da Prefeitura de São Carlos com a participação do prefeito Airton Garcia, o presidente da Câmara Municipal, Júlio Cesar Pereira, do prefeito de Araraquara Edinho Silva (vice-presidente de Economia Solidária da Frente Nacional de Prefeitos), do secretário de Trabalho, Emprego e Renda de São Carlos, Walcinyr Bragatto, da Profa. Maria Lúcia, vice-coordenadora do Numi Ecosol, deputado estadual Teonilio Barba (presidente da Frente Parlamentar da Economia Solidária do Estado de São Paulo), representantes do Conselho Municipal de Economia Solidária de São Carlos, do Fórum Municipal de Economia Solidária de São Carlos, do Departamento Municipal de Economia Solidária de São Carlos, dos Fóruns Paulista e Brasileiro de Economia Solidária.

No sábado (18), a partir das 9h, na Igreja Santo Expedito, na rua Alberto Lanzoni, n.º 1381, Plenária para aprovação do Regimento;

10h – Trabalho em subgrupos sobre o Documento Base;

13h – Reunião de relatores dos subgrupos;

14h – Plenária para aprovar o Documento Base (a partir das propostas de alteração);

16h – Continuidade dos Trabalhos da Plenária que se encerrará às 18h;

20h30 – atividades culturais no Ginásio José Eduardo Gregoracci (Chico Preto), no bairro Santa Felícia.

No domingo (19), a partir 9h, também na Igreja Santo Expedito – Plenária – Encaminhamentos Gerais – Como irradiar as conclusões dessa Plenária para a Sociedade e encaminhamento das demandas para 2018/2019.

Share.

About Author

Leave A Reply