São Carlos participa do Mutirão Regional contra a Dengue

0

Folder Dengue

 

A Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos, por meio da Vigilância Epidemiológica, participa no próximo sábado (18), do 2º Mutirão Regional contra a Dengue, projeto promovido pela EPTV, emissora afiliada da Rede Globo.

O mutirão vai acontecer em toda a área de cobertura da EPTV Central. A intenção é que o projeto envolva todas as cidades com cobertura da emissora.

Em São Carlos será realizada uma grande mobilização social envolvendo poder público, população e sociedade em geral, a fim de manter os ambientes livres de focos do mosquito Aedes aegypti. “Estamos no período mais favorável para a proliferação do vetor que transmite arboviroses como Dengue, Chikungunya e Zika, e a conscientização de todos é fundamental”, alerta Denise Scatolini, instrutora da Equipe Municipal de Combate às Endemias da Secretaria de Saúde.

No trabalho de Comunicação Social os agentes vão orientar também sobre os sintomas da Dengue, Chikungunya e Zika e as principais medidas de controle do mosquito Aedes aegypti, com distribuição de panfletos. Na Praça do Mercado Municipal, das 9h às 13h, nas tendas montadas, serão desenvolvidas atividades educativas para crianças e adultos.

Paralela a essas ações pontuais, os agentes também fazem atividade casa a casa, de bloqueio com o controle de criadouros do mosquito em casos suspeitos, bloqueio com nebulização em casos confirmados e quinzenalmente realizam visitas em pontos estratégicos como borracharias, depósito de pneus, de materiais de reciclagem, oficinas mecânicas, funilarias, cemitérios e floriculturas. Todo esse trabalho é realizado por uma equipe composta de 39 agentes de combate às endemias, 3 supervisores e 1 instrutor.

A Prefeitura de São Carlos, por meio das secretarias de Comunicação e de Saúde, também está realizando uma campanha institucional com o tema “Quem luta contra a dengue ajuda salvar toda a cidade”, voltada para que a sociedade tenha a responsabilidade pessoal e comunitária de cuidar de seus quintais. A campanha inova com um material lúdico, para atingir, principalmente, os mais jovens. “Eles são os super-heróis, são os multiplicadores. Levam a informação para dentro de casa e cobram os pais”, destaca o secretário de Comunicação, Mateus Aquino.

A campanha já está no ar, exibida em TVs, rádios, jornais impressos, portais de internet, mídias sociais, revista, outdoor, folhetos para distribuição, telefonia móvel e fixa.

Números – Balanço realizado pela Vigilância Epidemiológica mostra que em 2013 foram confirmados 356 casos da doença. Em 2014 o número chegou a 368, em 2015 a cidade enfrentou uma epidemia com 22.331 pessoas infectadas e no ano passado o número voltou a cair, totalizando 563 casos. Esse ano já foram contabilizadas 162 notificações e 8 casos positivados, sendo 6 autóctones e 2 importados.

Share.

About Author

Leave A Reply