REGIÃO DE ARARAQUARA LIDERA NÚMERO DE DEMISSÕES NA INDÚSTRIA NO INTERIOR

0

Região teve maior queda, com menos 800 postos de trabalho em maio.
Matão e São Carlos foram as duas regionais com o maior saldo positivo.

Do G1 São Carlos e Araraquara

No Estado de São Paulo foram fechadas 8 mil vagas e a cidade representa 10% do total. Na região de Matão foram criados cerca de 300 empregos no mês passado, em São Carlos foram aproximadamente 450 novos postos de trabalho, em Rio Claro o índice ficou estável e São João da Boa Vista perdeu cerca de 250 empregos.

Indústria de peças de Araraquara registrou queda nas exportações em 2014 (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)
Indústria de peças de Araraquara registrou queda
nas exportações (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

As indústrias de confecção de artigos do vestuário e acessórios foi a que mais apresentou saldo negativo com menos 1.519 empregos, seguido pelo de veículos automotores, reboque e carrocerias com menos 1.330 postos. Na contramão, alguns setores industriais mostraram saldo positivo. O que mais destacou foi: produtos alimentícios, com 852 novos postos de empregos.

Araraquara
Na região de Araraquara foram fechados 800 postos de trabalho. “Neste período, nós tivemos a informação que seria o setor alimentício, vestuário e acessórios são os que mais pesaram nesse número de demissão”, afirmou o diretor da Regional de Araraquara da Ciesp, Ademir Ramos.

“Claro que quando toda situação se torna difícil, a tendência é faltar o dinheiro. Falta dinheiro para o consumidor evidentemente que o comércio não fatura e a indústria não produz. É uma sequência como um jogo de dominó, acaba chegando na indústria e acaba havendo desemprego”, acrescentou Ramos.

Empresas de suco de laranja de Matão lideram contratações (Foto: Reprodução EPTV)
Empresas de suco de laranja de Matão lideram
contratações (Foto: Reprodução EPTV)

Saldo positivo
A região de Matão teve a maior variação no estado no mês de maio em relação à geração de empregos, com crescimento de 3,2% e foram criados aproximadamente 300 postos de trabalho. Mas no ano, acumula perda de 100 empregos.

No mês passado, a região de São Carlos criou cerca de 450 postos de trabalho, uma variação de 1,36% em relação a abril. Em 2016, a regional soma 1.650 empregos positivos. O principal setor foi o de produtos de borracha e de material plástico, com crescimento de 14,71%.

Estável
De acordo com a Ciesp, a geração de postos de trabalho em Rio Claro ficou estável no mês de maio deste ano. No acumulado de 2016, o saldo é positivo com a criação de aproximadamente 650 empregos.

Negativo

No mês passado, a região de São João da Boa Vista perdeu cerca de 250 postos de trabalho. Entre janeiro e maio deste ano, são 250 menos empregos nas indústrias. O setor mais afetado foi o de produtos de borracha e de material plástico, com crescimento que perdeu 15,79% das vagas.

“Nós chegamos no fundo do poço com a crise, sabemos que a economia será retomada, mas temos uma situação política que tem que ser finalizada. Eu acredito que no 4º trimestre do ano nós vamos ver resultado positivo, inclusive com possibilidade de bons investimentos no setor produtivo”, garantiu o diretor Ademir Ramos.

Share.

About Author

Leave A Reply