Por recomendação, Secretaria de Saúde prioriza atendimento para vacinação contra a febre amarela

0

 

No sábado (11), a equipe da Vigilância Epidemiológica visitará a região das fazendas Pedrinhas, Invernada, 29, Santo Antônio, Santa Cândida e Santa Barbara - DIVULGAÇÃO

No sábado (11), a equipe da Vigilância Epidemiológica visitará a região das fazendas Pedrinhas, Invernada, 29, Santo Antônio, Santa Cândida e Santa Barbara – DIVULGAÇÃO

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????

 

A partir desta quarta-feira (8), a Secretária de Saúde de São Carlos vai priorizar o atendimento para a vacinação de febre amarela. A recomendação foi feita pelo Ministério da Saúde. Serão vacinadas pessoas que vão viajar para áreas de riscos e moradores de regiões rurais, ribeirinhas e de mata. “Para prevenir a ocorrência de casos humanos de febre amarela, nesse momento, o Ministério da Saúde recomenda que as pessoas que residam ou que realizam atividades em áreas silvestres, rurais ou de mata, tenham prioridade na vacinação”, explicou Kátia Spiller, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

A Secretaria de Saúde também distribuiu nesta quarta-feira mais vacinas para as unidades de Saúde. Cada uma recebeu mais cem doses da vacina contra a febre amarela. Desde o início de fevereiro, São Carlos recebeu 5 mil doses.

Kátia explica que quem não está no grupo prioritário vai poder tomar a vacina, mas não é necessário ir imediatamente às unidades de saúde. “Quem não está exposto aos riscos também deve receber a vacina de febre amarela, mas a vacina está disponível na rotina ao longo de todo ano. Essas pessoas podem procurar com calma seus comprovantes, pesquisar se já tomou alguma dose e só depois procurar a unidade de saúde”.

No sábado (11), a equipe da Vigilância Epidemiológica visitará a região das fazendas Pedrinhas, Invernada, 29, Santo Antônio, Santa Cândida e Santa Barbara. “Nós vamos cobrir toda a área rural do município. O trabalho está sendo feito em etapas, aos sábados, para atingir o maior número de pessoas”, afirmou Kátia Spiller.

Somente no último mês de janeiro as unidades básicas e de saúde da família de São Carlos aplicaram 8.200 doses da vacina contra a febre amarela. O número é muito grande, se comparado ao ano de 2016, quando foram aplicadas 4.200 doses durante o ano todo.

Share.

About Author

Leave A Reply