Palacete Conde do Pinhal abriga Centro de Formação dos Professores

0

 

Com o objetivo de construir conhecimento sólido na rede municipal de ensino, a partir da formação continuada e valorizar os profissionais que atuam na área de Educação e que ensinam aproximadamente 15 mil alunos, a Prefeitura de São Carlos instalou no Palacete Conde do Pinhal, localizado na rua Conde do Pinhal esquina com a avenida São Carlos, o Centro de Formação dos Professores da Educação (CEFPE).

Na noite da última quinta-feira (23), o CEFPE foi apresentado ao público. O prédio passou por manutenção, (troca do telhado) e foi adaptado para formar os professores e servidores da Educação, além de oferecer o espaço para salas de oficinas, de formação, de informática, biblioteca e espaço kids.

“O Brasil tem muitos problemas que somente serão resolvidos através da educação. A educação é a solução para todos os problemas. Temos a obrigação de trabalhar para qualificar nossa rede e o Centro será para isso. Foi instalado num local privilegiado, um prédio histórico, na principal avenida da cidade, em frente à Catedral. Isso demonstra o carinho que a gente tem com os professores e servidores da educação”, afirmou o prefeito Airton Garcia.

As ações formativas serão realizadas em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP), a UFSCar, a Unesp, USP, o Cefortepe de Campinas e o Cedepe de Araraquara. “Desde o início da administração, nós resolvemos que esse prédio tinha que abrigar algo da educação. Hoje, estamos concretizando esse desejo. O Centro fará a formação permanente dos servidores da educação, gerar conhecimento, aprimorar a educação, tudo em parceria com entidades públicas e privadas. Todas as atividades serão gratuitas”, afirmou Nino Mengatti, secretário de Educação.

Para o professor e vereador, Azuaite Martins, a abertura do Centro favorece a qualidade do ensino na cidade. “Estamos fazendo história. A educação é a chave para a construção de um país. É preciso oferecer educação continuada para os nossos professores já formados. Eles precisam de aprimoramento em nome da melhoria da qualidade de ensino. Quando se tem a visão de se criar um centro de formação continuada, se faz história”, disse Azuaite.

“O Centro oferecerá atividades nos períodos da manhã, tarde e noite, de segunda a sexta-feira e também aos sábados. O principal objetivo é fornecer formação para todos os profissionais da nossa educação desde serventes, merendeiras, auxiliares administrativas, motoristas, professores, agentes educacionais da rede municipal de ensino”, contou Cilmara Seneme Ruy, diretora do Departamento Pedagógico.

Na sexta-feira (24), o Centro de Formação dos Professores da Educação já estava aberto com o início do curso sobre práticas inclusivas. “Vamos oferecer cursos, palestras oficinas, colóquios exposições. Teremos cursos direcionados e também cursos específicos. Em parceria com a Universidade Federal de São Carlos faremos um curso à distância”, informou Maria Cecília Cerminaro Derisso, professora responsável pelo CEFPE.

A professora Izildinha Cavalar está há 30 anos na rede e destaca a importância da formação. “O professor precisa estar sempre se reciclando. Quem para no tempo não acompanha as mudanças. A atualização é necessária, pois trabalhamos com pessoas, estamos preparando as pessoas para o futuro. Tudo muda. A educação também muda e nos precisamos mudar. Através de cursos é que a gente muda”, disse a professora.

Após a abertura oficial do Centro todos puderam assistir a apresentação da Orquestra Experimental da UFSCar, conhecida pelo repertório diversificado e pela formação instrumental diferenciada, que agrega instrumentos convencionais de orquestra junto com instrumentos populares, combinação que gera uma sonoridade única e que permite juntar músicos e instrumentos que não teriam oportunidade de se juntar.

Também participaram da abertura do CEFPE o deputado federal Lobbe Netto; o deputado estadual Roberto Massafera; a reitora da UFSCar; prof. Dra. Wanda Hoffman, o diretor do IFSP, Rivelli da Silva Pinto; a dirigente regional de Ensino, Débora Gonzales Costa Blanco, o representante da família Arruda Botelho, Eros Procópio; os vereadores Edson Ferreira, Chico Loco, Laíde das Graças Simões, Leandro Guerreiro, Moises Lazarine, Rodson Magno, secretários, chefes de gabinete e diretores da Prefeitura.

Share.

About Author

Leave A Reply