Novembro Azul: Palestra no SAAE destaca mitos e verdades sobre o câncer de próstata

0

 

Os funcionários de diversos setores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de São Carlos participaram na manhã desta quarta-feira (22), de palestra voltada para a saúde do homem. O tema principal foi voltado para os mitos e verdades relacionados ao câncer de próstata.

O debate faz parte da programação do mês Novembro Azul, campanha de conscientização, realizada por diversas entidades no mês de novembro, sendo dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Para explicar sobre os fatores de riscos da doença, prevenção e formas de tratamento, foi convidado o médico da rede municipal de saúde que atende na Unidade Básica do Cruzeiro do Sul, Drº Astúrio Brum.

O médico disse que os principais indicadores de um estágio avançado do câncer de próstata são os problemas para urinar, sensação de que a bexiga não se esvazia completamente e sangue na urina. “O diagnóstico sempre deve ser obtido antes que os sintomas surjam, para que o tratamento tenha altas chances de cura”, explicou Brum.

O melhor modo de prevenir o aparecimento do câncer de próstata é realizar o exame de toque retal e PSA periodicamente de acordo com a orientação do médico. Além disso, manter uma alimentação saudável, não fumar e praticar atividades físicas contribui para a melhoria da saúde como um todo. Geralmente iniciam-se os exames rotineiramente a partir dos 50 anos.

Quando identificado, o câncer pode ser tratado através da Prostatectomia radical (remoção completa da próstata), Radioterapia externa e Braquiterapia (técnica de radioterapia através de pequenas “sementes” que liberam os raios no interior da próstata). Em caso de cirurgia, o paciente geralmente recebe alta em até 48h e já pode voltar às atividades normais por volta do décimo dia após a cirurgia.

O câncer de próstata é uma das doenças que mais atingem os homens a partir dos 50 anos. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), ele já é a segunda maior causa de morte por câncer na população masculina, superado apenas pelo de pulmão. Ainda segundo o órgão, a estimativa de novos casos da doença em 2016 e 2017 é de 61.200, totalizando 28,6% do total de cânceres previstos para os homens.

Após a palestra os funcionários puderam solicitar ao enfermeiro Elder Derisso, também da UBS do Cruzeiro do Sul, a guia assinada pelo médico Astúrio Brum, para realizar, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o exame de PSA.

Saúde Bucal – O cirurgião dentista Paulo Pelicciari, também da rede municipal de saúde, falou da importância dos cuidados com a saúde bucal. De acordo com o dentista uma alimentação equilibrada (com a inclusão de itens fibrosos que ajudam na limpeza dos dentes), o consumo correto de água (para ajudar a manter a saliva saudável) e visitas regulares ao dentista não podem faltar na sua lista cuidados com a saúde. Ele Alertou que o câncer bucal pode ser por vários fatores, entre eles o cigarro, o álcool e a excessiva exposição ao sol sem a devida proteção. Na sua fase inicial ele se apresenta como pequenas feridas ou manchas vermelhas e não causa dor, podendo passar tranquilamente despercebido pela vítima. E para piorar a situação, uma má higienização bucal ajuda a camuflar ainda mais os sintomas e as lesões características dessa doença.

O SAAE tem hoje 455 funcionários, desses 285 são do sexo masculino.

Share.

About Author

Leave A Reply