LUTO: Morre, aos 78 anos, o radialista Cardoso Natal

0

 

Cardoso Natal era uma lenda viva do rádio são-carlense – DIVULGAÇÃO

 

Morreu nesta terça-feira, 12 de junho, o radialista da Rádio Clube AM, Cardoso Natal. Ele foi durante décadas um dos principais narradores esportivos de São Carlos. Antes na Rádio Progresso e depois na Clube AM.

Antonio Cardoso Natal Filho nasceu no dia 21 de julho de 1939 na cidade de Analândia e chegou a São Carlos aos 12 anos, indo morar na Vila Bela Vista. Na juventude trabalhou no comércio e jogou futebol em equipes amadoras da cidade como  Ponte Preta da Bela Vista, Guanabara, Estrela de Bela Vista, Fluminense da Vila Prado, América e Portuguesa da Vila Nery. Foi também treinador do Ipiranguinha de Vila Prado, Marianos e Cerealista.

Dirigiu também várias seleções da cidade até ser contratado  para trabalhar na Rádio Progresso como comentarista esportivo. Em 1976 se tornou narrador da equipe Titulares do Esporte, da Rádio Progresso, logo alcançando sucesso nas transmissões de jogos de futebol e também na apresentação do prestigioso programa Antena Esportiva.Conheceu todo o interior paulista atuando como locutor esportivo, narrou partidas da seleção brasileira e da série A do Brasileirão, tendo participado também de transmissões no sul do país e de partidas da seleção de vôlei masculino e feminino, basquetebol e  Motocross.

Como radialista, acompanhou toda a trajetória do Grêmio Esportivo São-carlense, tendo sido autor do hino do clube. Com 38 anos de carreira,  comandou durante cerca de quase 20 anos, o programa “Clube Esportivo” na Rádio Clube AM.

No dia 29 de agosto de 2014, Cardoso recebeu, no Edifício Euclides da Cunha, em sessão solene, o título de “Cidadão Honorário de São Carlos”. O título é em reconhecimento à destacada participação do homenageado no desenvolvimento e na história do desporto são-carlense.

Share.

About Author

Leave A Reply