Jogos Abertos do Interior geram mais de 500 empregos temporários 

0

Vários tipos de estabelecimentos receberão turistas e atletas – DIVULGAÇÃO

A 82ª edição dos Jogos Abertos do Interior, que ocorre de 14 a 24 de novembro em São Carlos, deve injetar cerca de R$ 8 milhões na cidade. Isso porque o evento reunirá 20 mil atletas de 217 municípios paulistas, além de 560 árbitros. A abertura oficial será nesta quarta-feira (14), às 20 horas, no Ginásio Milton Olaio Filho. Os comerciantes estão animados. “Nós já estamos nos organizando para receber os clientes aqui no café, porque sabemos que a movimentação será grande. Inclusive, em eventos assim até realizamos festivais especiais, com o acompanhamento da nossa nutricionista, para mostrar que é possível se alimentar de forma saudável e prazerosa”, contou a proprietária de uma cafeteria e doceria, Ednéa Pinheiro.

A estimativa do valor que deve ser injetado na economia local é da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (Acisc). “O comércio em geral terá um bom movimento durante o evento. Haverá uma demanda maior nos setores de hotelaria, lazer, alimentos e bebidas, como restaurantes, padarias, lanchonetes, pizzarias e supermercados”, afirmou o presidente da entidade, José Fernando Domingues.

“Em um momento de crise como esse que todo o país atravessa é uma notícia excelente pra nossa cidade. Isso vai dar um estímulo a mais pro bar da esquina, pro supermercado, pro restaurante e pra lanchonete, além do pessoal que trabalha com serviços. É um lado dos Jogos que alguns podem não enxergar, mas que tem um significado muito importante”, disse o prefeito Airton Garcia.

O evento é uma realização da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Carlos. Para esta edição, foram investidos pelo governo paulista R$ 1,2 milhão na realização do evento, que terá 26 modalidades esportivas, incluindo atletismo, ginástica artística e rítmica, natação, basquetebol, voleibol, futsal, judô, karatê, taekwondo, tênis e tênis de mesa, entre outras, além daquelas voltadas a Atletas Com Deficiência (ACD).

No total são 40 locais de provas e 69 escolas municipais e estaduais reservadas para alojamento, além de outros três alojamentos coletivos. Os comerciantes que têm seus estabelecimentos nas proximidades das escolas e locais onde estarão as delegações devem sentir bastante o aumento da movimentação.

O proprietário de uma padaria na Vila Prado, João Carlos Zaninetti Junior, já está na expectativa. O estabelecimento fica perto da Escola Estadual Jesuíno de Arruda, que receberá as equipes de São José do Rio Preto. “Os organizadores pegam com a gente pão francês, muçarela e presunto. Depois o pessoal vem tomar café da manhã aqui no fim de semana e muda bastante a movimentação. Acreditamos que haverá um crescimento de 11% com esses jovens frequentando o local. Para nós é muito bom porque traz pessoas de fora e, com isso, mais renda para o comércio e para o município”, comemorou Zaninetti Junior.

Outro ramo que também sente bastante os reflexos dessa movimentação local é o farmacêutico. “A realização dos Jogos Abertos beneficia a todos. O pessoal acaba vindo à farmácia, seja para comprar um simples sabonete, um desodorante, ou até algum medicamento, porque com os jogos, as pessoas acabam se esforçando mais e sempre tem alguém que acaba recorrendo à farmácia”, observou a farmacêutica Camila Bassi de Freitas Grossi.

GERAÇÃO DE EMPREGO – O diretor presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviço em Geral de Hospedagem, Gastronomia, Alimentos Preparados e Bebidas no Varejo (Sintshogastro), Manuel Simões Pires, destaca que a contratação também aumenta nesse período. Ele acredita que a alta na movimentação da economia local seja de 15% a 20%. “Eventos assim levam mais recursos para o trabalhador porque as contratações temporárias aumentam. O trabalhador precisa do dinheiro, então o importante é ter essa movimentação”, observou Pires.

Segundo o coordenador do Comitê local dos Jogos Abertos, Fabiano Lourenço, o número de empregos indiretos também é considerável. Foram recrutadas, via processo licitatório, empresas para limpeza e segurança dos alojamentos, que contrataram, juntas, 250 pessoas, além da empresa que atenderá os árbitros e o comitê dirigente com alimentação, limpeza, segurança e transporte, que contratou mais 150 pessoas. No total, são 400 empregos indiretos, sem contar os ambulantes, que também terão sua renda aumentada.

Somente a delegação de São José dos Campos, a maior dos Jogos, com 598 atletas, contratou 50 pessoas em São Carlos para atuarem como auxiliares de cozinha e de limpeza, seguranças e enfermeiros.

Share.

About Author

Leave A Reply