Interior de São Paulo sofre mais com o aprofundamento da crise econômica

0

Enquanto a Região Metropolitana de São Paulo apresentou aumento nas operações de crédito de 11,9%, outras regiões e municípios do Estado registraram quedas de até 12,6%

O setor industrial é um dos que mais estão desempregando diante da atual crise - financeira - MARCO ROGÉRIO

O setor industrial é um dos que mais estão desempregando diante da atual crise – financeira – MARCO ROGÉRIO

O interior de São Paulo vem sofrendo relativamente mais com o aprofundamento da crise econômica que o Brasil enfrenta. Dados do Boletim Crédito do Ceper/Fundace mostram que praticamente todos os indicadores analisados sofreram quedas em regiões e municípios do interior do Estado.

Enquanto o Brasil e a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) apresentaram aumento nas operações de crédito de 4,4% e 11,9%, respectivamente, as outras regiões e municípios analisados registraram quedas de até 12,6%. Os dados são referentes a setembro de 2015 em comparação com o mesmo mês de 2014.

A região administrativa de Ribeirão Preto, por exemplo, registrou queda nas operações de crédito de 11,3%. No município, a queda foi ainda maior: de 12,6%. Campinas, São José do Rio Preto e Franca também registraram quedas de 11,7%, 5,4% e 5,2%, respectivamente.

Com exceção de “Financiamentos Imobiliários”, todos os outros indicadores referentes ao interior de São Paulo apresentaram redução no período, evidenciando a dificuldade que o mercado de crédito enfrenta atualmente.

Carteira de crédito – O Boletim traz ainda dados do saldo da carteira de crédito com recursos livres e com recursos direcionados de outubro de 2007 a outubro de 2015.

A carteira de crédito com recursos livres de pessoas físicas e de pessoas jurídicas apresentaram valores próximos, com tendência de quedas a partir de 2013, reflexo da queda da atividade econômica e do aumento das taxas de juros nos últimos anos.

O saldo da carteira de crédito com recursos direcionados, que são aqueles destinados a determinados setores ou atividades e realizados com recursos regulados em lei ou normativo, apresentava tendência de crescimento desde 2007, impulsionado principalmente pelo BNDES, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Porém, esse saldo também começou a sofrer retração nos últimos meses, apesar de ainda apresentar crescimento quando comparado setembro de 2015 com o mesmo mês de 2014.

O Boletim Crédito traz ainda dados do Spread médio das operações de crédito com recursos livres e com recursos direcionados.

Confira o boletim na íntegra: http://fundace.org.br/_up_ceper_boletim/ceper_201512_00177.pdf

Ceper – O Centro de Pesquisa em Economia Regional foi criado em 2012 e tem como objetivo desenvolver análises regionais sobre o desempenho econômico e administrativo regional do País. Sua criação reúne a experiência de diversos pesquisadores da FEA-RP da Universidade de São Paulo em pesquisas relacionadas ao Desenvolvimento Econômico e Social em nível regional, a análise de Conjuntura Econômica, Financeira e Administrativa de municípios e Gestão de Organizações municipais, entre outros. A iniciativa de criação do Centro foi dos pesquisadores Rudinei Toneto Junior, Sérgio Sakurai, Luciano Nakabashi e André Lucirton Costa, todos da FEA-RP/USP. Os Boletins Ceper têm o apoio do Banco Ribeirão Preto, Imobiliária Fortes Guimarães, São Francisco Clínicas e Construtora e Incorporadora Stéfani Nogueira.

Fundace – A Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace) é uma instituição privada sem fins lucrativos criada em 1995 para facilitar o processo de integração entre a FEA-RP e a comunidade. Oferece cursos de pós-graduação (MBA) e extensão em diversas áreas. Também realiza projetos de pesquisa in company além do levantamento de indicadores econômicos e sociais nacionais regionais.

Share.

About Author

Leave A Reply