História de encanto e magia aproxima estudantes da leitura

0

 

Um universo de ideias e novos mundos a serem desbravados. Um estímulo à curiosidade, o gosto e o prazer pela leitura. Uma contação de história marcou o início das atividades da Biblioteca da Escola do Futuro Maria Ermantina, em São Carlos.

A história escolhida foi “A Destemida”, do livro de contos “Encantamento: contos de fada, fantasma e magia”, da Editora Companhia das Letrinhas. “A temática do terror, constantemente solicitada, motivou a escolha do texto que fala sobre o medo e a coragem como requisitos fundamentais à vida”, contou a bibliotecária, Isabel Cardillo.

O trabalho foi realizado com as salas do primeiro ao quinto ano da escola, com a participação de aproximadamente 250 alunos. “Um novo ano letivo se inicia e a aproximação da criança com os livros e a leitura são fundamentais no apoio ao trabalho desenvolvido em sala de aula. Não se pode falar em qualidade da educação sem bibliotecas e sem acervos cuidadosamente selecionados e a nossa cidade é privilegiada neste sentido”, explicou Isabel.

Em São Carlos, o SIBI (Sistema Integrado de Bibliotecas) é atualmente constituído por 12 bibliotecas municipais. São 3 bibliotecas públicas: 2 municipais e 1 distrital, 8 Escolas do Futuro, instaladas junto às Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB’s) e 1 biblioteca especializada, o Espaço Braille.

As Escolas do Futuro são bibliotecas escolares comunitárias que atendem tanto os alunos, professores e funcionários das EMEB’s, pois estão instaladas junto a elas, mas também toda a comunidade em seu entorno; assim, todos os cidadãos podem utilizar o acervo de livros, revistas e jornais, os computadores com acesso à internet, fazer pesquisas e aos sábados frequentar cursos de informática básica Linux.

“O prazer da leitura deve ser estimulado desde a infância com atividades que contribuam para que o ambiente da biblioteca seja um espaço em que as crianças queiram estar, um estímulo à curiosidade e ao conhecimento”, salienta Isabel Cardillo.

Para o diretor do SIBI, César Maragno, o contato com os livros é sempre necessário, seja através de uma contação de história, seja na própria biblioteca. “Esse é um dos trabalhos que nossas bibliotecárias desenvolvem com as crianças, fazendo com que elas se interessem pela leitura. A contação de história possibilita o desenvolvimento intelectual e educacional das crianças. Estimula a troca de informações e, principalmente, o interesse pelos livros”, afirmou.

Em todas as bibliotecas do município é possível fazer o empréstimo de livros, basta fazer um cadastro com os seguintes documentos: Adultos – RG e comprovante recente de endereço; menores de 14 anos – RG do responsável, documento da criança (certidão de nascimento ou RG), comprovante recente de endereço.

Os endereços das bibliotecas e das escolas do futuro podem ser consultados no link – http://www.saocarlos.sp.gov.br/index.php/educacao/155498-bibliotecas-.html

 

Share.

About Author

Leave A Reply