Guardas municipais agem com truculência e expulsam ativista Marcos Paranhos da Câmara

0

 

Marco Rogério

Dois guardas municipais – um homem e uma mulher -, que trabalham no Poder Legislativo, expulsaram do prédio da Câmara Municipal, o ativista Marcos Paranhos. O fato ocorreu na tarde desta terça-feira, 29 de maio, durante a sessão legislativa. A medida foi autoritária e arbitrária tomada pelos dois agentes de segurança se deu após Paranhos ser ofendido pelo vereador Leandro Guerreiro (PSB),. que chamou Paranhos de “ativistinha de merda” e “mentiroso” e tentar reagir, dialogando com o vereador. O próprio vereador Guerreiro pediu para os guardas não tirarem o ativista do plenário.

Uma imagem de vídeo do jornal  A FOLHA DE SÃO CARLOS mostra que Paranhos não agiu com violência contra ninguém e também não fez qualquer ato de vandalismo para ser enxotado da Casa de Leis como foi. Não se sabe se Paranhos irá à Justiça contra este medida inquisidora que choca-se com a tradição democrática da Câmara Municipal de São Carlos.

 

Share.

About Author

Leave A Reply