EXCLUSIVO: Jeferson Vieira recorre depois de perder ação para Leandro Guerreiro

0

Vereador chamou repórter de “estelionatário”, “mercenário”, “covarde” e o acusa de extorquir os vereadores por pagamento de R$ 100 

 

   

 

MARCO ROGÉRIO

Após perder, em primeira instância, a ação que moveu contra o vereador Leandro Guerreiro (PSB) por “injúria”, o repórter Jeferson Vieira recorreu ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Recentemente, o polêmico vereador Leandro Guerreiro (PSB) foi absolvido pelo juiz André Luís Macedo, titular da 3ª Vara Criminal de São Carlos. A decisão é do dia 1º de fevereiro.

Guerreiro foi processado por Vieira após, usar a tribuna no dia 26 de setembro, durante sessão da Câmara Municipal e anunciar que o professor não poderia mais dar aulas por ter sido condenado em processo administrativo que tramitou na Secretaria Estadual da Educação.

A decisão do magistrado atendeu ao pedido do Ministério Público. O promotor de Justiça substituto, Marco Aurélio Bernarde de Almeida, e a analista da Promotoria, Lara Gonçalves Monteiro, recomendaram a absolvição do vereador. Tanto o promotor quanto o juiz se basearam na legislação que torna o vereador imune por suas palavras na tribuna do Poder Legislativo em assuntos ligados ao município. Eles não entenderam que o vereador teria extrapolado de seus limites.

ENTENDA O CASO –  O imbroglio começou quando Vieira acusou falsamente Guerreiro de criticar professores durante a visita do governador Geraldo Alckmin a São Carlos. “O que eu trago hoje é importante até para os vereadores desta Casa que são professores, para a categorias dos professores, que teve um grande livramento este mês de setembro. Livramento. Livramento. Aqui no Diário Oficial do Estado de São Paulo temos um um exemplo a não ser seguido, de um mau elemento, de um mau professor, estelionatário, mercenário. Esse também, por sua vez, cometeu vários crimes segundo o que o Diário Oficial vem apontando aqui. Saiu dia 14 de setembro”, ressalta Guerreiro

O parlamentar do PSB  também acusa Vieira de pedir propinas a vereadores para não atacá-los. “Ele Já fez várias chantagens como vereadores nesta casa. Ele ataca vereadores. Quando os vereadores´dão dinheiro para satisfazer os seus desejos ele para atacar os vereadores. Neste Diário Oficial que traz o nome deste indivíduo, Jeferson Vieira, mau elemento, mau exemplo a ser seguido, estelionatário. Não é o Leandro Guerreiro que está falando, é o Diário Oficial. É o mesmo mercenário que ataca os vereadores com mentiras. E amanhã pode ser você o alvo, pode ser qualquer um. Mas vocês vão ter o Leandro Guerreiro para defendê-los.”

Em outro trecho do discurso, Guerreiro passa a ler o Diário Oficial e a adjetivar Vieira. ” (Jeferson Vieira) Falou mal da direção da escola para os alunos, deixou de dar aula de história ara fazer intrigas dentro da sala de aula. Fez gestos obscenos para alunos. O pior, deixou de ministrar conteúdos de história em suas aulas. Ele passa a ser conhecido como  Reporterzinho R$ 1,20, mercenário. Se tem vereador dando R$ 100 para o site, para de dar. Acabou este negócio de atacar os vereadores para pegar dinheiro. Ele cobrou R$ 1,20 para entregar apostilas e os alunos nunca viram as apostilas até hoje. Estelionatário, mercenário. E depois vai ficar inventando mentiras sobre o Leandro Guerreiro, Insultou e ameaçou um aluno, é covarde”. Pode me processar!”.

Guerreiro ainda leu outros trechos do documento do Diário Oficial. “Ele (Jeferson Vieira) fez uso de palavras inadequadas e expressões ríspidas à direção da escola Não obedece as autoridades e não respeita ninguém. Usou termos pejorativos em relação à direção e alunos.  Fez comentários inadequados com os alunos sobre drogas e sexo. Gravíssimo”.  Agora você pode ir lá no seu site, que é Notícias do Front falar mentiras sobre o Leandro Guerreiro. Agora os vereadores estão livres desta desgraça”.

Share.

About Author

Leave A Reply