Dia “D” ofereceu 14 vagas de emprego e encaminhou 38 pessoas com deficiência para processo seletivo

0

 

Sexta-feira, 21 de setembro, foi o dia “D” de cadastro e inclusão social e profissional de pessoas com deficiência e reabilitados do INSS. O evento foi coordenado pela Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPDMR), a Gerência Regional do Trabalho e o INSS para incentivar e divulgar as vagas de emprego para as pessoas que tem algum tipo de deficiência.

O Sine São Carlos (Casa do Trabalhador) ofereceu no dia “D” 14 oportunidades de emprego. As empresas entrevistaram candidatos e 38 pessoas foram encaminhadas para processo seletivo de contratação.

O prefeito Airton Garcia participou do evento acompanhado da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lucinha Ferreira Garcia Silva, dos secretários municipais Walcinyr Bragatto (Trabalho, Emprego e Renda), Edson Ferraz (Esportes e Lazer), José Paulo Gomes (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida) e Glaziela Solfa (Cidadania e Assistência Social) além da Gerente Regional do Trabalho, Dra. Consuelo Lima, Elizangela Lelis da Cunha, analista do Seguro Social da Previdência Social (INSS) Organizações Não Governamentais, entre outras autoridades.

“Eu acho que é um trabalho muito importante temos que chamar a atenção de todas as autoridades e todas as pessoas para que olhem os deficientes com respeito, com consideração e que a gente fortaleça a importância desse trabalho para toda a comunidade”, disse a presidente do Fundo Social, Lucinha Ferreira Garcia Silva.

A Gerente Regional do Trabalho, Dra. Consuelo Lima, explica que a parceria INSS, Secretaria do Trabalho e o Ministério do Trabalho têm trazido frutos em vários campos principalmente no da inclusão da pessoa com deficiência no trabalho. “É um dia de lembrar-se da inclusão da pessoa com deficiência. Nós sabemos que hoje estamos vivendo uma crise econômica, está difícil emprego para todo mundo, mas temos que nos lembrar de que as pessoas com deficiência tem mais dificuldade que o resto da população para se colocar no mercado de trabalho, então fazer um dia exclusivo para gente lembrar isso e facilitar o acesso das pessoas as vagas de emprego é muito importante”, disse Consuelo.

Elizangela Lelis da Cunha, analista do Seguro Social da Previdência Social (INSS), ressalta que evento como o Dia D promove a inclusão das pessoas com deficiência, reduz barreiras e a limitação que as pessoas possuem dentro do próprio sistema. “Nós informamos e explicamos quais são os direitos dessas pessoas no sentido de promover a inclusão, orientações sobre a criação da central de serviços pela internet, divulgamos o Meu INSS que disponibiliza informações sobre o Cadastro Nacional de Informação do Seguro Social, simulação de contagem de tempo para a aposentadoria, entre outras orientações basta as pessoas baixarem o app no celular”, orientou.

O secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, explicou que durante o Dia D, foi feito o atendimento especifico, exclusivo para as pessoas com deficiência, as empresas disponibilizaram diversas vagas e realizaram o processo seletivo na Casa do trabalhador procurando dar encaminhamento para as contratações. “Quero agradecer a presença de todos, em especial os servidores da SMTER e o apoio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, a Gerência Regional do Trabalho e o INSS, pessoas que tem atuado junto com a SMTER, uma parceria muito positiva. Essa parceria é uma união de esforços que nos permite atender com dedicação e maior precisão o direito das pessoas e isso nos deixa contentes, porque é o trabalho e o empenho de todos que contribuiu para que tivéssemos êxito e excelente resultado nessa ação”, finalizou Bragatto.

Para José Paulo Gomes, secretário municipal da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, além das atribuições diárias da Secretaria a preocupação é com a formação das pessoas com deficiência. “Para que possam ganhar autonomia, serem independentes e profissionais que preencham as vagas oferecidas nas cotas por Lei, pois na maioria das vezes não são preenchidas por falta de pessoas capacitadas. As empresas exigem mão de obra qualificada, estamos bastante preocupados com isso, a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda nos apoia, encaminhando essas vagas e queremos que eles participem em igualdade de condições”, destacou José Paulo Gomes.

Durante a realização do Dia D a Casa do Trabalhador também disponibilizou para visitação pública 42 fotos da exposição fotográfica “Beleza sobre Rodas” dos fotógrafos são-carlenses Carlos Roberto da Costa, Silvana Silva, Walsabrina Soriano, Lau Menezes, Robinson Nascimento, Silvana Vargas e Bê Caviquioli.

Share.

About Author

Leave A Reply