Copa São Paulo: São Carlos sai derrotado do Sanca-Ferro e se despede da Copinha.

0

Bem que a Águia tentou, mas foi atropelada pela Locomotiva de Araraquara, que joga um belo futebol – DIVULGAÇÃO

O São Carlos encerrou sua participação na 49ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em jogo válido pela segunda fase a Águia da Central saiu derrotada do Sanca-Ferro por 3 gols a 2 na noite desta sexta-feira (12) no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão).

Os visitantes entraram mais ligados no jogo e abriram vantagem de dois gols em sete minutos com Rafinha, que no primeiro aproveitou cruzamento de Luan aos 50 segundos de jogo, e o segundo em cobrança de falta no ângulo esquerdo de Lucas Alves. O São Carlos começou a colocar os nervos no lugar e buscou uma reação pressionado a Ferroviária. Em boa jogada pela esquerda o atacante Breno tocou para as redes aos 24 minutos para manter o São Carlos vivo no jogo.

No segundo tempo a Águia da Central partiu para o ataque buscando o gol de empate. Em cobrança de escanteio Nenê não conseguiu dominar o rebote e Mauricio puxou o contra-ataque mortal rolando para o atacante Luis Henrique tocar na saída de Lucas Alves e ampliar para a Ferroviária.

A Águia da Central não se entregou e foi para o tudo o nada. A Ferroviária chegava perigosamente nos contragolpes obrigando o arqueiro Lucas Alves a fazer três milagres. Aos 37 minutos novamente Breno balançou as redes após escorar de cabeça cruzamento pela direita e incendiar o estádio lotado. Aos gritos de eu acredito, a Águia da Central buscou a todo custo o empate, que lhe daria a disputa da vaga nas cobranças de penalidades máximas, mas na sua melhor chance Breno invadiu a área, deu um corte no zagueiro mas bateu para fora, à esquerda de Vitor Dias.

A vitória deu o direito à Ferroviária de enfrentar o Corinthians no próximo domingo às 21h na Arena da Fonte em Araraquara pela terceira fase da competição.

São Carlos: Lucas Alves, Marquinhos (Gabriel Rios), Gleudson, Douglas Alves e Neto. Ricardo Santana (Lucas Veras), Gustavo, Nenê e Denylson (Rafael). Breno e Vítor (Zampieri). Técnico: Omar Curi.

Ferroviária: Vitor Dias, Luan, Jordan, Maycon e Alex Silvério. Lauro (Gustavo), Pedro do Rio, Gabriel Marinheiro (Vinícius Barboza) e Maurício (Cleison). Luis Henrique e Rafinha (Richard). Técnico: Léo Mendes.

Por: Rovanir Frias/Assessoria SCFC – Foto: Foto: Isabela Gastaldi

Share.

About Author

Leave A Reply