Com vitória de Altomani acaba “novela da cassação”

0

 

Marco Rogérioaltomani x marquinho (1)

Terminou em clima de tragicomédia a história da Comissão Processante (CP) que pretendia cassar o mandato do prefeito Paulo Altomani, eleito com mais de 60 mil votos ou 49% dos votos válidos em 2012. Na sua tentativa de reeleição o mesmo Altomani amargou, em 2 de outubro, uma votação pífia de 14.096 votos ou 11% dos votos válidos.

Na manhã desta sexta-feira, 24 de outubro,  o Poder Legislativo recebeu a decisão do Juiz de Direito Antonio Benedito Morello, da Comarca de São Carlos, que concedeu medida liminar em mandado de segurança para suspender a sessão extraordinária da Câmara Municipal destinada ao julgamento do processo de cassação do prefeito . Como hoje era o último dia para o julgamento do prefeito e a sessão de julgamento foi cancelada, a CP será arquivada.

A CP foi pedida pelo advogado Luis Donizete Luppi, inimigo pessoal histórico de Altomani no mesmo dia em que a Câmara Municipal estava tomada de funcionários da antiga Athenas Paulista que tentavam pressionar o prefeito para não realizar a contratação emergencial de uma nova empresa e manter, mesmo contra a lei, a Athenas operando no transporte coletivo na cidade. Durante aquela sessão, pressionados pelos militantes e ativistas da Athenas, os 21 vereadores votaram a favor da abertura da CP.

Share.

About Author

Leave A Reply