BOMBA: Prefeito de Itirapina anuncia fim da Portaria do Broa

0

Zé Maria pretende abrir um amplo debate sobre a mais famosa represa da região; para ele o turismo no local é “predatório”

 

O balneário do Broa: paraíso natural reúne vários problemas e exige altos investimentos dos cofres municipais

O balneário do Broa: paraíso natural reúne vários problemas e exige altos investimentos dos cofres municipais- DIVULGAÇÃO 

Marco Rogério

A Represa do Lobo, famoso Balneario do Broa, bastante frequentado por são-carlenses, não terá mais controle de entrada e nem portaria.  “Vamos demolir os banheiros públicos e abrir de vez a portaria, liberar tudo.” Foram essas as palavras ditas pelo prefeito de Itirapina, José Maria Cândido (PMDB) – Zé Maria,  ao ser procurado pela reportagem para responder a algumas reclamações feitas por moradores, comerciantes e banhistas quanto as atuais condições do lugar.

“O Balneário Santo Antonio, Broa, será um bairro como outro qualquer de Itirapina”, acrescentou ele, ao salientar que a medida está prevista para ser implantada no próximo mês de março. “A não ser que alguma instituição ou a iniciativa privada, pelo sistema de parceria público privado, assuma todos os encargos, pois a represa não pertence ao município e sim ao Estado”, continuou ele. “Vamos abrir um amplo debate, em breve, com autoridades de todas as esferas de poder, associação de moradores e proprietários (APIB), comunidade em geral e verificar o que será melhor.”

Os valores cobrados pelo ingresso de veículos no balneário referem-se, de acordo com a lei em vigor, a uma taxa de estacionamento. Segundo o prefeito, no ano passado a Prefeitura arrecadou com a portaria cerca de R$ 300 mil e gastou mais R$ 300 mil para mantê-la com funcionários, materiais, guarda-vidas, aquisição e manutenção de equipamentos, entre outros.

“Não está certo que toda a população de Itirapina pague para que somente algumas pessoas sejam beneficiadas, pois o turismo do local é predatório, a Prefeitura arruma os sanitários numa semana e na outra já acabam com tudo.  Alguns moradores e proprietários da casas de veraneio não respeitam as normas, se desfazer de entulhos nas vias públicas, desafiam os funcionários da portaria na questão da entrada por convites, criam confusões, se você libara o som para eventos os moradores reclamam, se não libera os comerciantes chiam, enfim, não há consenso, não há bom senso, só sobram problemas para o município resolver.”

 

PROBLEMAS – Quanto aos problemas levantados no local, Zé Maria disse que, no ano passado foram aplicadas 25 multas relativas ao descarte de entulhos em locais inadequados e que, para este ano, a fiscalização será ainda mais intensificada, inclusive agora com valores mais altos. Em relação à qualidade da água da represa ele explicou que, no ano que houve a seca, realmente a água ficou mais esverdeada devido a maior proliferação das algas – ocasionadas pelo calor, porém, no momento atual a água está em condições normais para banho.

A demora na troca da iluminação pública, outra reclamação feita por moradores e comerciantes, segundo o prefeito, se deve aos atos de vandalismo praticados. “A prefeitura troca e eles destroem, como uma briga de gato e rato.” Já quanto aos banheiros públicos, ele adiantou que, após a demolição dos atuais a Prefeitura poderá instalar sanitários químicos em alguns pontos. Temos vários bons projetos para o Broa, como a questão do saneamento básico, mas não dá mais para continuar do jeito que está”, “finalizou o prefeito.

 

 O prefeito José Maria Cândido: “Temos vários bons projetos para o Broa, como a questão do saneamento básico, mas não dá mais para continuar do jeito que está” - DIVULGAÇÃO

O prefeito José Maria Cândido: “Temos vários bons projetos para o Broa, como a questão do saneamento básico, mas não dá mais para continuar do jeito que está” – DIVULGAÇÃO

 

 

Share.

About Author

Leave A Reply