Airton Garcia solicita a inclusão de São Carlos no Via Rápida Emprego

0
A Carreta do Via Rápida Emprego: unidade móvel do governo estadual pode requalificar são-carlenses - divulgação

A Carreta do Via Rápida Emprego: unidade móvel do governo estadual pode requalificar são-carlenses – divulgação

Via Rápida Carreta (2) Via Rápida Carreta (3)

 

O prefeito Airton Garcia solicitou à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Informação, a inclusão de São Carlos na lista de municípios para receber as unidades móveis do Via Rápida Emprego, programa do Governo do Estado de São Paulo que oferta cursos básicos de qualificação profissional.

Airton foi recebido por Marco Aurélio Ubiali, assessor direto do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França. “Vamos atender São Carlos, porém primeiro precisamos que a Prefeitura envie para a coordenação do programa quais cursos são de maior interesse para que eles façam a programação das carretas, pois são os cursos que determinam o período que as unidades devem ficar no município”, explicou Ubiali.

Segundo o prefeito essa relação de cursos será elaborada pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda. “Vamos solicitar essa relação de acordo com a necessidade detectada pela nossa Secretaria de Trabalho. Vamos trazer esse programa o mais rápido possível para São Carlos e dar prioridade para aqueles que estão desempregados possam se qualificar para disputar uma vaga no mercado de trabalho”, garante Airton Garcia.

Podem participar dos cursos do Via Rápida pessoas maiores de 16 anos, alfabetizadas e que residam no estado de São Paulo. O objetivo do programa é promover o aumento da competitividade da economia paulista mediante qualificação e formação dos trabalhadores, preparar a população que está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, habilitá-los ao exercício dos seus direitos à cidadania, aumentar a probabilidade de obtenção de trabalho e de geração ou elevação de renda, reduzindo os níveis de desemprego e subemprego, auxiliar no ao desenvolvimento das capacidades de comunicação, de elaboração crítica, de raciocínio lógico, de iniciativa para a resolução de problemas, de organização do próprio trabalho, oferecer qualificação profissional em conformidade com os saberes exigidos por postos de trabalho, profissões ou trabalhos em uma ou mais áreas e contribuir para o desenvolvimento local e regional.

Share.

About Author

Leave A Reply