Airship do Brasil realiza na próxima segunda-feira, 24, voo de primeiro dirigível tripulado construído na América Latina

0

A Airship do Brasil, empresa de tecnologia “mais leve que o ar”, é uma empresa localizada em São Carlos, interior de São Paulo, e é norteada pelo pioneirismo no país no setor de dirigíveis tripulados. Atualmente, somente 6 empresas no mundo possuem o ciclo completo da tecnologia mais leve que o ar e o Brasil entra para o seleto grupo dos 5 países que dominam o conhecimento que pode ser utilizado na aeronáutica e aeroespacial. A companhia iniciou suas atividades com projetos de dirigível não tripulado radiocontrolados, os denominados ADB-1 e ADB-2, e balões cativos de vigilância, denominados aeróstatos, porém em 2017 demonstra seu mais novo produto: o dirigível tripulado modelo ADB 3- X01, o primeiro construído na América Latina.

O voo inaugural será no dia 24 de julho, no espaço aéreo das dependências da Airship do Brasil. Pronto para emprego nas Forças Armadas e em processo de certificação do modelo 3-3, que permitirá sua comercialização civil, a qual devera estar pronto para o mercado em 2018.

Esta série ADB 3-3, cujo representativo será apresentado ao público dia 24, possui diversas aplicações de treinamento e vigilância, entre elas:

* Treinamento de pilotos, tripulação e equipe de solo pela Escola de Aviação Mais Leve que o Ar (ESALTA), instituída pela Airship do Brasil;

* Vigilância e monitoramento para segurança, proteção do meio ambiente, prevenção de queimadas, controle de fronteiras, entre outros (com uso de câmeras, radares, holofotes, etc.), aplicações favorecidas por sua grande autonomia de tempo em voo;

* Transporte de passageiros para lazer em voos panorâmicos;

* Voos de reconhecimento aerofotométrico, agricultura, busca e salvamento;

* Transporte de pequenas cargas ou passageiros para áreas de difícil acesso e sem infraestrutura aeroportuária;

* Inspeção de linhas de transmissão de energia elétrica ou estruturas similares;

* Marketing e propaganda com marcas impressas em seu envelope e gôndola.

Para essas finalidades, a aeronave foi projetada com 49 m de comprimento e 17 m de altura, com capacidade de carga em torno de 1 tonelada, e espaço para um piloto e até 5 outros ocupantes. Possui um motor de potência 300 HP, atingindo velocidades de até 85 km/h.

Dirigíveis dispensam pista para decolagem e pouso e podem ser fabricados para grande autonomia de tempo em ar. Estas aeronaves utilizam sustentação aerostática, podendo flutuar mesmo sem propulsão de motor, o que concede grande segurança ao voo. Adicionalmente, são equipamentos com menor consumo de combustível por quilômetro percorrido se comparados à aviação convencional.

Encontra-se em desenvolvimento o ADB-3-30, dirigível cargueiro com capacidade de carga para 30 toneladas, 330 m3, 125km/h e autonomia customizada.

Airship do Brasil SA

Share.

About Author

Leave A Reply