15 de junho: Violência contra o idoso é grave violação de Direitos Humanos

0

 

No Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, a Secretaria de Cidadania e Assistência Social alerta para os direitos da pessoa idosa e ao combate da violência contra essa população.

Instituída pela Organização das Nações Unidas a (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES), em 2006, o dia visa sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos. “Temos que lembrar que muitas vezes, essas pessoas estão numa situação mais fraca, de maior fragilidade até com seu próprio desenvolvimento, e por isso, merecem proteção e respeito”, afirmou a secretária de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa.

A violência contra a pessoa idosa é caracterizada por ações ou omissões cometidas uma vez ou muitas vezes, prejudicando a integridade física e emocional da pessoa idosa, impedindo o desempenho de seu papel social. Entre as formas de violência estão: física, negligência/abandono, psicológica, sexual, econômico-financeira e patrimonial.

Em São Carlos, a Secretaria de Cidadania e Assistência Social, por meio do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), realizou de janeiro/18 até hoje, o atendimento a 139 pessoas com violação de direitos. As mais frequentes são negligência e autonegligência, abandono, apropriação indébita, violência física e/ou psicológica e maus tratos.

“Temos uma equipe técnica composta por psicólogas e assistentes sociais que atuam junto aos familiares e órgãos públicos para auxiliar esse idoso vítima de violência. Entre os nossos trabalhos estão: acolhimento, visita domiciliar, reunião familiar, recebimento de denúncias por contato telefônico”, explicou Glaziela Solfa.

Segundo a secretária, o município trabalha para fortalecer as políticas públicas voltadas aos idosos. “Reativamos o Conselho Municipal do Idoso e juntos estamos atuando de forma bastante incisiva para a ampliação das possibilidades de atendimento e assim, diminuir a violência contra idosos”, informou Glaziela.

Na cidade, o Centro de Referência do Idoso (CRI) Vera Lúcia Pilla é um espaço que oferece atendimento especializado e gratuito para as pessoas da terceira idade. Diariamente são oferecidas atividades físicas, artesanato, lazer, saúde e cultura com objetivo de promover o envelhecimento saudável. “Esses espaços são importantes para a vivência e participação social, um ambiente para que essas pessoas saiam do contexto de isolamento social. O fortalecimento dos vínculos também é uma forma de combater a violência”, disse a secretária.

Os interessados podem entrar em contato com o CRI através do telefone 3368-2970 ou pessoalmente na rua Joaquim Inácio de Morais, 370, Vila Irene. O Centro funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

Share.

About Author

Leave A Reply